APRESENTAÇÃO
Este projeto foi contemplado pelo Fundo de Cultura do Estado de Goiás - 2016 SEDUCE e Governo de Goiás

© 2018 Todos os direitos reservados a Ressonâncias da Dança.

DESIGNED BY ALISSON SINDEAUX 

RESSONÂNCIAS DA DANÇA

RESSONÂNCIAS DA DANÇA tem como principal eixo a dança improvisação, a arte contemporânea e a educação somática. Visa a construção de redes criativas com novos valores
em relação à econômica e a política, a psique e ao afeto, as estruturas sociais, a arte e ao artista. Manifesta-se através do convívio intercultural, do trabalho colaborativo e experimental. Traz a tona novos paradigmas e soluções para a organização social, dentro de uma proposta de vanguarda, resignificando o pensar e o fazer artístico em ressonância com outras áreas de conhecimento, como a ecologia e as ferramentas sociais.


Os projetos desenvolvidos concretizam-se através de um Núcleo de artistas e profissionais independentes, provenientes de várias regiões do Brasil e internacionais, pessoas que apresentam em seu percurso o intuito de que o aspecto profissional se desenvolva em harmonia com os ritmos da natureza humana, em ressonância com o meio-ambiente; observar as estações do ano, as influências da Terra, do sol e do ciclo lunar, proporcionando vivências para mergulhar em uma ecologia profunda.


Composto por profissionais de diversas áreas, de acordo com a especificidade em atuações trans e interdisciplinar. Têm concepção e coordenação artística de Eva Maria Maria, artista, arte educadora e mãe, a equipe cinematográfica é composta por Mateus Almeida como cinegrafista, Renata Franco é a montadora de imagem e trilha sonora, Mel Melissa Maurer como fotografa, Victor Mirian Bastião é responsável pela comunicação, Carol Saraiva atua como gestora e facilitadora da autogestão, Pilar Echavarria concebeu a metodologia de ensino aprendizagem artística e é a parteira em dança da residência artística realizada em 2018.

Além da participação de outros profissionais que se aglutinam por interesse em aprender, colaborar e participar dos
diversos projetos. São profissionais que tem em comum a desconstrução dos padrões hierárquicos predominantes nas estruturas da sociedade, propõem uma horizontalidade no fazer artístico, em busca por processos experimentais, colaborativos e cooperativos, com a participação de todos os envolvidos através da autogestão. A criação artística acompanha o autoconhecimento e a transformação social, em relação com a comunidade e o meio-ambiente, visando a construção de redes de apoio profissionais e afetivas, com a intenção de encontrar artistas com afinidade para juntos se nutrirem, compartilharem conhecimento, informação e vivenciarem processos criativos.

O que move a RESSONÂNCIAS DA DANÇA a criar é o desejo de aproximação entre a arte e a vida. Vivenciar as linguagens da arte no cotidiano, com poética e ética,consciência e mistério, construção e reconstrução, excitação criativa e quebras de padrões. Arte como aspecto intrínseco à vida. O solo fértil é regado com a arte contemporânea, dança improvisação e práticas de educação somática, vertentes com raízes colaborativas e experimentais que possibilitam a imprevisibilidade para criar em estado de presença, articulando as estruturas pautadas em liberdade para que a improvisação expanda em autonomia. As relações interpessoais, afetos e vínculos em relação com o espaço físico e a cultura local, nutrem uma criatividade artística, transbordam os aspectos profissionais e escorrem pelas estruturas sociais. Biomas, arquiteturas, cores, luminosidades, sonoridades, corpos, linguagens, olhares... Inspiram e são afetados.

 

Residências artísticas parceiras:
www.entraemcontato.wixsite.com/sitepca
www.residenciaartistica.wixsite.com/entreserras

CHAPADA DOS VEADEIROS

Para nutrir processos de criação unindo a relação entre as artes, as ferramentas sociais e a ecologia.  A primeira edição da residência artística aconteceu na Chapada dos Veadeiros no intuito de dar visibilidade ao Cerrado, bioma que abriga as nascentes de três importantes bacias hidrográficas, é considerado o berço das águas e tem uma biodiversidade extremamente abundante. A maior savana do planeta é um dos hotspots mais ameaçados do mundo por setores econômicos do agronegócio como a monocultura, a pecuária e a retirada de madeira para carvão, estas atividades vêm descaracterizando a Chapada, podendo prejudicar sua economia local, absolutamente dependente da preservação de sua paisagem natural.

Ressonâncias da dança – residência artística se desdobra no fortalecimento da economia com foco no turismo ecológico e de experiência, contribuindo com as principais pautas socioeconômicas e ambientais da região, de modo a amplificar e fortalecer a área artística e cultural no centro do país, assim como, fomentar possibilidades de existência que preservam a natureza e denunciam a sua destruição.